Apenas algumas informações complementares.
A estrela Trappist-1 é da classe espectral M8. Ela é 12 vezes menor que o sol, e apenas um pouco maior que o planeta Júpiter.

ERRATA SOBRE O VÍDEO:
Na concepção artística, existem dois planetas mais próximos da estrela, e outros três no meio. Na verdade, são dois daqueles encontrados no meio, junto a mais um encontrado no final, que são os possíveis por obter os oceanos de água líquida. Como mostrado no gráfico no vídeo, após a concepção artística.

Os planetas são os E,F,G .Esses podem ter, repito, podem ter oceanos de água líquida. Algo que só poderá ser estudado melhor com o Telescópio WEBB que está previsto para ser lançado em 2018.
———————————————————————————————————-
Importante eu ressaltar aqui, que já se fora descoberto exoplanetas, com o próprio telescópio TRAPPIST, dentre outros como mencionados no vídeo. Todos eles merecem o crédito, e seus respectivos pesquisadores.

ATENÇÃO !!! TODAS AS INFORMAÇÕES LEGAIS VOCÊS ENCONTRAM NO LINK ABAIXO:

www.trappist.one

Assista também a conferência da NASA neste link:

 

Felipe Hime Miranda

Graduando em Astronomia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Astrofísico em formação, criador do Café e Ciência e atualmente bolsista CNPq no Museu de Astronomia e Ciências Afins.

Ver Todos os Artigos

Adicionar Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *