O International Launch Services, ILS, espera que sua nova e reduzida variante do Proton-M seja um concorrente mais direto com o foguete Falcon 9 da SpaceX do que a versão atual do heavy-lift que ILS tem usado há décadas.

Kirk Pysher, presidente da ILS, disse que a empresa está investindo no Proton Medium como o próximo passo da empresa.

Kirk Pysher, presidente da ILS. Crédito: ILS

Um veículo mais importante para o setor comercial do que o Angara 5, launcher modular da próxima geração da Rússia, que a ILS tem direitos comerciais assim como o Proton.

Angara 5 é otimizado para naves espaciais mais pesadas, e seria uma substituição direta do Proton-M a partir de 2025. No entanto, seria aplicável provavelmente apenas para uma ou duas missões por ano, disse Pysher, e essa taxa de lançamento não seria suficiente para constituir um negócio estável.

“Precisamos segmentar algo entre US$ 65 e 55 milhões como a faixa de preço, e o veículo Angara 5 não poderá fazer isso”, disse Pysher ao SpaceNews. “Por conta disso, não se encaixa no mercado comercial atual como o vemos hoje. Precisamos de uma família de veículos dos quais os variantes possam dar conta.”

O SpaceX anuncia o custo de US$ 62 milhões para um lançamento à órbita de transferência geoestacionário usando o foguete  Falcon 9.

Lançamento Falcon 9 na quarta-feira 11/10/17, do Centro Espacial Kennedy da NASA na Flórida, levando satélite de comunicações SES 11 / EchoStar 105 para a órbita. Crédito: SpaceX

O Proton Medium é um variante do Proton-M que não possui um terceiro estágio, trocando os motores por uma estrutura de suporte para manter o foguete relativamente semelhante em tamanho. Comparado ao Proton-M, que pode transportar até 7 toneladas para órbita de transferência geoestacionária, o Proton Medium levanta cerca de 5 a 5,7 toneladas.

Pronto Medium e Light
Crédito: ILS

A ILS também tem planos para um variante menor chamado Proton Light, mas seu desenvolvimento está em espera até a conclusão do Proton Medium no final de 2018.

A ILS agora está apostando que o Proton Medium irá dar conta da maior parte do mercado hoje, eclipsando com o poderoso  cavalo de guerra Proton-M na cadência de lançamentos uma vez que totalmente operacional.

Esboço Proton Medium. Crédito: ILS

“Ele se encaixa nesse local onde vemos os satélites medium-class de hoje, e compete diretamente com o Falcon 9”, disse Pysher.

Fonte: http://www.ilslaunch.com/node/4701     https://goo.gl/jpMXMV

Felipe Hime Miranda

Graduando em Astronomia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Astrofísico em formação, criador do Café e Ciência e atualmente bolsista CNPq no Museu de Astronomia e Ciências Afins.

Ver Todos os Artigos

Adicionar Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *